Como entender e consultar os Status de Conservação

O Status de Conservação de uma espécie é determinado através da análise de sua distribuição geográfica e de sua população.

Para determinar se há algum risco relativo à distribuição geográfica são analisados parâmetros como restrições de ocupação e presença em Unidades de Conservação (UC).

Sobre a população são considerados fragmentação, declínio ou flutuações.

Assim, foram estabelecidas 9 categorias de Status de Conservação pela The International Union for Conservation of Nature’s Red List of Threatened Species (IUCN Red List). Tais categorias são adotadas como padrão internacional e, portanto, optamos por adotá-las também em nossa plataforma.

Para sua conveniência, apresentamos uma tabela com as categorias traduzidas para o seu idioma.

Priorizamos o uso dos Acrônimos, por serem amplamente utilizados até mesmo em listas regionais, e também com a finalidade de aumentar a pregnância de seu uso.

Conservations Status
Acronyms, Categories and Translations relations
Acronyms Categories Translations
NE Not Evaluated Not Evaluated
DD Data Deficient Data Deficient
LC Least Concern Least Concern
NT Near Threatened Near Threatened
VU Vulnerable Vulnerable
EN Endangered Endangered
CR Critically Endangered Critically Endangered
EW Extinct in the Wild Extinct in the Wild
EX Extinct Extinct
Conservations Categories

Abaixo, a reprodução do gráfico das categorias conforme utilizadas pela IUCN Red List; cada uma delas acessa uma lista de espécies agrupadas por seu Status de Conservação.

Not Evaluated
ne
Data Deficient
dd
Least Concern
lc
Near Threatened
nt
Vulnerable
vu
Endangered
en
Critically Endangered
cr
Extinct in the Wild
ew
Extinct
ex